Reunião bilateral ocorre no palácio Senador Hélio Campos, sede do governo de Roraima — Foto: Secom/Divulgação

O governo de Roraima sedia nesta quinta (8) e sexta-feira (9) uma reunião em que se discute soluções para que haja o transporte de mercadorias e passageiros entre o Brasil e a Guiana, país que faz fronteira com o município de Bonfim, ao Norte do estado.

A reunião bilateral ocorre no Palácio Senador Hélio Campos, sede do governo estadual. Para que ocorra esse tipo de comércio entre os dois países é necessário, segundo a Secretaria de Relações Internacionais, solucionar questões como seguro de veículos e documentação aduaneira.

“O primeiro deles [entrave] é o seguro. Caminhão ou ônibus transportando passageiros não podem adentrar outro país sem seguro. Para resolver esta questão, associações de seguros de ambos países estão presentes no evento para firmar o acordo”, explicou Ilaine Henz, secretária de Articulação Municipal e Política Urbana, que está interina na Relações Internacionais.

Em relação a documentação aduaneira na Receita Federal, o governo estadual pretende definir um padrão que seja possível a liberação de mercadoria entre países.

“Vamos definir qual documentação será necessário e qual o formato do procedimento de motoristas de veículos com cargas destinadas aos países. Atualmente, essa passagem não é possível”, afirmou a secretária.

As discussões ocorrem durante os dois dias e ao fim, serão apresentados os itens definidos para resolver a questão de transporte internacional, tanto de mercadorias, quanto de passageiros.

No fim de julho, empresários locais se reuniram com representantes da Guiana para negociar acordos de venda e compra de mercadorias. A ideia foi levantar questões que possam fomentar o comércio de importação e exportação quando o país começar a explorar o petróleo, atividade prevista para 2020.

Informações: G1 Roraima

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here