Boa Vista possui seis usinas de energia solar em pleno funcionamento. Elas são responsáveis por gerar, atualmente, 1.716 kilowatts (kW) de energia que abastecem uma comunidade indígena e prédios públicos da capital. Uma economia de R$ 115 mil por mês aos cofres públicos do município.

A sétima usina solar de Boa Vista está em construção. Sozinha, ela vai gerar 5.000 kw de energia e, além de preservar o meio ambiente, vai economizar nos próximos 25 anos, período de garantia dos equipamentos, mais de R$ 127 milhões. Ou seja, o investimento é pago em cinco anos e os outros 20 anos de uso serão de economia de recursos públicos.

O novo Mercado Municipal de Boa Vista tem uma usina fotovoltaica capaz de produzir energia para 215 residências — Foto: Acervo PMBV

Quando a última usina em construção estiver em funcionamento, Boa Vista terá sete estações gerando potência de 6.716 kW, o equivalente ao consumo de 7.233 residências, sendo capaz de evitar o lançamento de 5.869 kg de CO2 na atmosfera. Ou seja, será o equivalente à importância de 190 mil árvores.

Terminal de Ônibus Luiz Canuto Chaves, moderno, climatizado, confortável e seguro. Também é abastecido com energia solar. — Foto: Acervo PMBV

“Já temos seis usinas espalhadas pela cidade. Em Boa Vista, temos sol a vontade, ou seja, condições de investir em energia fotovoltaica. Elas nos ajudam a diminuir as contas e ainda cuidam do meio ambiente. Vamos ampliar a nossa capacidade de geração de energia solar com a construção dessa nova usina e, com ela, nos tornaremos a capital da Amazônia que mais investe em energia limpa e renovável”, explicou a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita.

A primeira Comunidade Indígena de Boa Vista, Darora, tem uma usina solar que traz economia aos cofres públicos — Foto: Acervo PMBV

Em Boa Vista, outra novidade está nos abrigos de ônibus climatizados espalhados pela cidade. Ao todo, o município construiu 70 pontos de ônibus com ar-condicionado que são abastecidos com energia fotovoltaica. Os pontos de ônibus têm placas solares e baterias capazes de gerar energia suficiente para manter as centrais ligadas durante todo o dia e à noite.

Abrigos de ônibus climatizados de Boa Vista são abastecidos com energia solar — Foto: Acervo PMBV
Prédios públicos, como o Palácio 9 de Julho sede da Prefeitura de Boa Vista, são modernos e abastecidos com energia solar — Foto: Acervo PMBV
O estacionamento da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente de Boa Vista é mais uma usina solar — Foto: Acervo PMBV
A prefeitura também instalou um carregador de celulares e um relógio abastecido com energia solar na Praça das Águas — Foto: Acervo PMBV