Desde o início desta semana, a Prefeitura de Boa Vista promove a microprogramação da Campanha de Vacinação contra a Influenza (Gripe), que foi antecipada no município em relação ao restante do país. E nesta terça-feira, 9, as equipes de Estratégia Saúde da Família começaram a imunizar os pacientes que por algum motivo encontram-se impossibilitados de se locomover até a unidade básica de saúde.

Este é um diferencial da Prefeitura de Boa Vista, para imunizar o maior número de pessoas durante a campanha. “Nosso esforço é para que ninguém do grupo prioritário fique sem receber a dose da vacina. Antecipamos a campanha em nossa capital, por entendermos a necessidade de prevenção da gripe, uma vez que os casos notificados da doença no estado vizinho, o Amazonas, ainda estão muito altos”.

No bairro União, por exemplo, as equipes da unidade básica Hélio Macedo, do Jardim Caranã atenderam as áreas de cobertura da unidade, as outras equipes de outras unidades também se mobilizam em ações em dias diferenciados. Pacientes do bairro Santa Teresa também recebem a vacinação em casa.

“Esta é uma estratégia para não deixar as pessoas que fazem parte dos grupos de risco de fora da campanha. A prefeitura já realiza a visita nas casas de pessoas acamadas e que não tem condições de chegar até uma unidade e a micro programação só vem reforçar esse trabalho, feito com muito carinho e cuidado pelas equipes”, destaca o secretário municipal de saúde, Cláudio Galvão.

Devem receber a vacina pessoas com 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores de escolas públicas e privadas; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Railene Prado Lima, 34, é filha única do senhor Raimundo Ferreira Lima, de 85 anos agradece a parceria de confiança. “Quero agradecer o pessoal da prefeitura, da saúde, que sempre tem acompanhado o meu pai, há três anos que é cadeirante, eles acompanham tanto nas campanhas como em outras ações, só temos a agradecer essa parceria”.

Mais ações – Durante esta semana, também serão atendidos domicílios dos bairros Tancredo Neves, Cinturão Verde, além de União e Santa Teresa. A partir da próxima semana, conforme cronograma, será a vez de:  Jardim Caranã, Caranã, Jardim Floresta, São Vicente, Mecejana, Tancredo Neves, Equatorial, Asa Branca, Caimbé, Pricumã, Cinturão Verde, 13 de setembro, Liberdade, Pintolandia, Senador H. Campos, Santa Luzia, Raiar do Sol, Cidade Satelite, Cauamé. Aeroporto, São Pedro, Paraviana, 31 de março, Silvio Leite, Cidadão, Joquei Clube, Centenário, Cambará, Nova Cidade, Alvorada, São Bento, Buritis e Liberdade.