O governo nomeou mais de 200 comissionados, sendo que o concurso para a pasta previa apenas 73 vagas

Em mais um capítulo da “novela” envolvendo o cancelamento de concursos públicos pelo Governo do Estado, o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Roraima, Luiz Alberto de Morais Júnior determinou a exoneração de todos os servidores comissionados lotados na Secretária do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes). E isso, dentro de 72h.

A medida veio em acato ao pedido feito pelo Ministério Público de Roraima (MPRR), como forma de assegurar a futura posse dos aprovados no concurso para a Setrabes, que já foi homologado e que previa oferta de 73 vagas.

No último dia 2, o Governo cancelou todos os concursos públicos previstos para 2019, alegando falta de dotação orçamentária. Porém, após assumir o mandato em janeiro, o governador Antônio Denarium nomeou mais de 200 comissionados para a Setrabes.

O juiz determinou também que o Estado comprove as exonerações. Em caso de descumprimento, o Governo deve pagar multa diária ao valor de R$ 5 mil. O prazo expira nesta sexta-feira, 8.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here