De acordo com a polícia, a jovem foi morta com muitos chutes no rosto, desferidos pelo marido que cumpre pena por roubo

A jovem Nicolly Guimarães, 22, foi morta após ter sido espancada pelo marido, o detento Mayckon Dennis Freitas, durante visita íntima no Centro de Detenção Provisória (CDP), de Jundiaí (SP), onde ele cumpre pena por roubo.

De acordo com a polícia, a jovem foi morta com muitos chutes no rosto. Ela chegou a ser encaminhada ao Hospital São Vicente de Paula, porém não resistiu aos ferimentos. O rosto dela ficou bastante desfigurado.

Nas redes sociais, Nicolly costumava fazer demonstrações de carinho pelo marido, mesmo ele estando preso

O casal tem um filho de dois anos. Mayckon foi autuado em flagrante por homicídio e o caso foi remetido à Delegacia de Defesa da Mulher.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here