O deputado estadual Jorge Everton (MDB) – que faz parte da base do governo na Assembleia Legislativa – não foi nada amistoso com o novato Alan Garces, atual secretário de Saúde do Estado, durante entrevista na tarde de hoje (05) no programa Rádio Verdade, apresentado pelo jornalista Bruno Perez, na FM 93.3.

Everton é relator da CPI da Assembleia Legislativa que investiga supostos desmandos na Sesau e ao referir-se ao andamento das atividades e dos processos na Secretaria, espinafrou o paraense-maranhense, que está no cargo a pouco mais de um mês.

“Eu tenho presenciado a entrada e saída e secretário que não resolve os problemas da saúde em Roraima. Eu acredito que tem que ter continuidade, porque não se consegue atingir o objetivo com tanta troca de secretários. Eu observei todos os secretários e vi na secretária anterior, a Cecília Lorezon, que apesar da aparente brutalidade dela, os processos andavam. Coisa que não tô vendo agora. Esse secretário novo está há 30 dias no cargo e não vejo nada andando. Há várias reclamações que ele viaja mais do que trabalha”, disse o deputado.

Sobre a mudança de endereço do gabinete de Alan – ele transferiu a mesa de trabalho da sede da Sesau para dentro do Hospital Geral, o HGR – Jorge Everton vê nessa atitude um caráter puramente midiático. “Ele fez o ato político de mudar o gabinete de gestão para dentro do HGR. Agora procure saber se ele está atendendo e está ouvindo a população ou até mesmo os profissionais da saúde”.

Segundo Jorge Everton ir para a imprensa fazer um ato de mídia e jogar para o povo, não resolve o problema da saúde. “A população está sofrendo. Sabemos que as ações são de curto, médio e longo prazo. Mas se o secretário não para no Estado, as ações mais urgentes não andam”, reclamou o parlamentar.

Mas se o secretario não para no Estado, não tá atuando… o que ele tá fazendo no HGR? Ele não tem que ficar o HGR, tem que ocupar sua função na Secretaria, tocando as licitações, os processos, fazendo o planejamento estratégico. Que secretário é esse? Num é ir para mídia apenas para se promover com essa história de mudança de gabinete, transferindo a mesa de trabalho para dentro de um hospital, somente para chamar a atenção (Jorge Everton)

______________________________________

Jorge disse que o secretário está cometendo um ato equivocado com essa história de mudança de local. “Será que ele vai acabar com o sofrimento da população, dentro do HGR? Procure saber se ele está ouvindo a população, os coordenadores, se está inteirado dos verdadeiros problemas que são muitos. A função dele é cobrar e verificar se está tudo sendo resolvido na ponta”, disse o deputado.

“Eu estou cobrando aqui como deputado uma postura diferente na saúde do nosso Estado. Eu não tenho conhecimento para criticá-lo como profissional médico, mas tenho para criticar sua atuação na Secretaria. O pio é que quando ele viaja, viaja também o adjunto. A população reclama com razão e a gente não tem como visualizar o trabalho do secretário na ponta dos problemas”, disse Everton.

Informações: Blog do Perônico