Para garantir assistência aos pacientes, prestando atendimento digno e humanizado, a Prefeitura de Boa Vista estabeleceu um novo protocolo de enfrentamento à covid-19, adotado em parceria com o Exército Brasileiro. Dessa forma, as unidades básicas de saúde poderão encaminhar pacientes infectados por coronavírus direto à Área de Proteção e Cuidado – Hospital de Campanha.

Os encaminhamentos serão feitos por profissionais das nove Unidades Básicas de Saúde de referência em tratamento da covid-19 em Boa Vista, nos casos de pacientes em monitoramento com piora do quadro clínico e que atendam aos critérios de internação. A disponibilidade de leitos na APC será identificada pela equipe do núcleo interno de regulação daquela unidade.

De acordo com o documento que oficializa a mudança e utilização do novo protocolo, são considerados pacientes com perfil e sintomas a serem observados: que apresentem comorbidades como cardiopatias, pneumopatias incluindo asma, obesidade com IMC maior ou igual a 40, doenças imunossupressoras, hematológicas, metabólicas e cromossômicas.

Neste caso, o médico da Unidade Básica deverá avaliar, e se, for enquadrado no perfil de internação preestabelecido, deverá acionar o núcleo interno de regulação do hospital, para certificação do leito disponível e disponibilizar informações sobre o quadro do paciente que será referenciado por meio de formulário.

UBS que atendem casos leves e suspeitos da Covid-19 em Boa Vista:

  • UBS Olenka Macellaro – Caimbé
  • UBS Mariano de Andrade – Caranã
  • UBS Délio Tupinambá – Nova Cidade
  • UBS Aygara Motta – Cidade Satélite
  • UBS Silvio Botelho – Paraviana
  • UBS São Vicente – bairro São Vicente
  • UBS Lupércio Lima – Pintolândia
  • UBS Equatorial
  • UBS – APC ( Hospital de Campanha)