PM demora mais de três horas para atender ocorrência de estupro, denuncia vizinhança

Segundo um dos vizinhos, a demora da polícia contribuiu com a fuga do acusado de estupro (Foto: Edinaldo Morais)

Na manhã desta segunda-feira, 19, uma menina de 11 anos foi encontrada por vizinhos em desespero, após segundo ela, ter sido abusada pelo padrasto. O caso ocorreu no bairro Aparecida.

Segundo um dos vizinhos, a menina estava em estado de choque e disse que o homem a ameaçava de morte. Ainda de acordo com ele, a Polícia Militar (PMRR) foi acionada, no entanto, a viatura demorou mais de três horas para chegar ao local, tempo em que o suspeito empreendeu fuga.

“É inadmissível que em um caso sério como este, onde uma criança foi vítima, a PM demore tanto para chegar ao local. Pedimos que o Ministério Público verifique essa situação”, disse o homem.

OUTRO LADO – A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar, que se manifestou por meio da seguinte nota:

A Polícia Militar do Estado de Roraima informa que nesta segunda-feira, 19, a capital apresentou um começo de semana bem atípica com excessivas demandas de trânsito, acima da normalidade operacional. Informamos ainda que a instituição tem feito esforços para a redução da demanda reprimida.

Reitera, ainda, o seu compromisso com o cidadão roraimense na prestação de serviço de segurança pública.

Informações: FolhaBV