Paciente espera há 11 meses por cirurgia no HGR

Luiz Teotônio está impossibilitado de trabalhar por conta de uma hérnia que precisa retirar

O paciente Luiz Teotônio de Oliveira, 53 anos, denunciou à reportagem nesta quinta-feira (25) que aguarda há 11 meses por cirurgia no Hospital Geral de Roraima (HGR) para retirada de uma hérnia.

Luiz foi diagnosticado com a doença há 15 anos e já passou por uma cirurgia. Mas, em 2020 voltou a sentir dores. Por isso, procurou o HGR para tratamento e recebeu encaminhamento cirúrgico. Ele tenta marcar o procedimento desde janeiro deste ano.

“Eles me colocaram na fila de espera. Fui ao hospital várias vezes e com a pandemia da Covid-19, mas as cirurgias foram suspensas. Além disso, agora que retornaram com os procedimentos, eles alegam que o centro cirúrgico está em reforma”, denuncia.

Conforme o paciente, por causa da demora para marcar a cirurgia e devido às fortes dores no abdômen ele não pode trabalhar.

“Sou vendedor, mas não posso trabalhar pois a empresa pediu para realizar a cirurgia antes. Enquanto isso, estou com a hérnia muito grande e dolorida. Cuido sozinho da minha filha de 10 anos e preciso desse procedimento”, lamenta.

Diante da situação, o paciente pede esclarecimentos da Secretaria do Estado da Saúde (Sesau) e espera por uma solução.

“Não sei o que está acontecendo com o governo. Eles enrolam tantas pessoas que esperam por cirurgia e eu sou uma dessas pessoas que sofre por este motivo. É um descaso da Sesau. A gente passa a vida inteira pagando imposto e quando precisamos do serviço não temos”, disse.

Informações: Roraima em Tempo