GASTÕES: Senadores de Roraima gastaram mais de R$ 1,2 milhão do ‘cotão’ em 2021. Adivinhem quem é o “líder”?

Os dados foram extraídos do site do Senado Federal nesta quarta-feira, 29

Apenas em 2021, os três senadores pelo Estado de Roraima gastaram, juntos, R$ 1.243.444,36 da Cota para Exercício da Atividade Parlamentar, o popular ‘cotão’. Os dados foram extraídos do site do Senado Federal nesta quarta-feira, 29, mas o montante pode aumentar nos próximos dias, já que ainda não foram contabilizados todos os gastos de dezembro.

O líder no ranking dos mais gastadores é o senador Telmário Mota (PROS), que deve tentar reeleição no pleito de 2022. Até o momento, os gastos do senador totalizam R$ 487.122,13. O maior custo ao longo do ano foi com divulgação da atividade parlamentar, que foram exatos R$ 204.139,20.

Telmário também pediu reembolso de R$ 162.590,19 relativos ao investimento em locomoção, hospedagem, alimentação e combustíveis. O gasto com esses serviços foi o segundo maior ao longo de 2021 registrado pelo senador.

O segundo senador que mais abusou do benefício do cotão foi Chico Rodrigues (DEM). No total, até esta quarta-feira, constam registrados R$ 387.287,17. Com divulgação da atividade parlamentar, o total de gastos chega aos R$ 184.098,00. Em seguida, o segundo mais custo foi com passagens aéreas, aquáticas e terrestres nacionais. O senador pediu reembolso de R$ 99.510,11.

Já o senador Mecias de Jesus (Republicanos) soma gastos de R$ 369.044,06. O maior pedido de reembolso foi relacionados à  locomoção, hospedagem, alimentação e combustíveis, um total de R$ 123.969,80.

Informações: Portal O Poder