Governador Antônio Denarium com o deputado federal Nicoletti: “vamos analisar cada concurso para fazer um posicionamento definitivo”

O governador de Roraima Antônio Denarium (PSL) gravou um vídeo diretamente de Brasília, onde cumpre agenda de compromissos, e afirmou que assim que chegar a Roraima, previsto para acontecer na quarta-feira, 6, vai analisar a viabilidade dos concursos públicos cancelados pelo Estado no sábado, 2.

Denarium se posicionou sobre o assunto após onda de protestos em frente ao Palácio Senador Hélio Campos. Os concurseiros são contra a medida adotada pelo governo do Estado e reivindicam a continuação dos certames, respeitando todas as etapas previstas nos editais.

“Estamos aqui em Brasília junto com o deputado Federal Nicoletti e passamos para ele o que levou ao Estado de Roraima a fazer um estudo da possibilidade do cancelamento dos concursos públicos, que se deu em razão do estado de calamidade financeira quer o Estado está passando”, comentou o governador.

O chefe do executivo disse saber de todo o anseio dos candidatos. Durante o vídeo, ele assume que durante campanha para se eleger govenador prometeu que não iria cancelar nem um concurso. Ele justificou o cancelamento ao dizer que não sabia da situação financeira do Estado.

“Nós não tínhamos o conhecimento real da situação financeira do Estado. Estarei em Roraima na quarta-feira e vamos analisar cada concurso para fazer um posicionamento definitivo”, assegurou.

Conforme anunciado pelo vice-governador Frutuoso Lins, em coletiva à imprensa no sábado (1°), foi cancelado os concursos públicos da Polícia Civil, Polícia Militar, Secretaria do Trabalho e Bem-estar Social (Setrabes) e Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejuc).

O deputado federal Nicoletti (PSL) aparece ao lado do governador no vídeo e diz acompanhar a decisão de verificar a situação de cada concurso. “A situação do governo realmente é deficitária, e a gente não pode incorrer em irresponsabilidade financeira. Que todos aguardem que quarta-feira terá através de um estudo uma solução para que todos possam realizar seus sonhos”, ponderou.

Com informações de: Roraima em Tempo