Os casos de dengue dispararam em Roraima nos primeiros seis meses deste ano. Só entre janeiro e 16 de julho, a Secretaria de Saúde de Roraima notificou 1.128 casos de dengue em todo o estado, número 53% maior do que no mesmo período do ano passado, quando foram 715 registros.

O número de notificações equivale a 73,6% de todos os casos do ano anterior, quando foram 1.531 casos. Nos meses de maior incidência (fevereiro, março e abril), foram 610 notificações neste ano. Ao todo, 296 casos foram confirmados em 2019.

Só na capital Boa Vista, são 496 notificações e 75 confirmações. Em Caroebe, no Sul do estado, são 214 e 188. Caracaraí, na mesma região, é o terceiro de maior incidência, com 84 casos notificados e 15 confirmados.

Apesar da maior parte dos casos ser em Boa Vista, os municípios apontados como de alta incidência do mosquito em proporção populacional são: Caroebe, Caracaraí, Bonfim, São João da Baliza e São Luiz.

Zika e Chikungunya

Também até 16 de julho, Roraima teve 192 notificações de Chikungunya e cinco casos confirmados, com 116 notificações e três confirmações só em Boa Vista. Os outros dois casos confirmados são de Rorainópolis e Mucajaí.

Já em relação à Zika, o estado conta com 63 notificações e sete confirmações. Em Boa Vista, são 25 pacientes notificados e seis confirmados. A outra confirmação é de Rorainópolis.

Ranking de bairros com maior infestação de Aedes Aegypti

  1. Jardim Primavera
  2. São Pedro
  3. União
  4. Nova Canaã
  5. 31 de Março
  6. Caimbé
  7. Santa Luzia
  8. Jóquei Clube
  9. Laura Moreira
  10. Asa Branca
  11. Aracelis
  12. Silvio Leite
  13. Silvio Botelho
  14. Senador Hélio Campos
  15. Raiar do Sol

Informações – G1 Roraima – Foto – Prefeitura de Boa Vista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here