Na Assembleia, a base aliada faz obstrução das votações (Fotos: Paola Carvalho)

Os deputados estaduais completaram duas semanas sem deliberar matérias. Parte disso ocorre pela tentativa da base governista em incluir na ordem do dia os projetos do fundo estadual de segurança pública e criação de cargos comissionados na Secretaria de Infraestrutura (Seinf).

Na sessão desta quinta-feira, 10, houve nova tentativa de inclusão. Porém, pedido foi negado novamente pelo presidente em exercício, Jânio Xingu (PSB). O líder do Governo na ALE, deputado Soldado Sampaio (PC do B), reforçou a orientação de obstrução e saída dos deputados da sessão.

“Nós pedimos desculpas a todos os deputados. Afirmamos que os projetos na espera terão o nosso total apoio. Mas queremos sensibilidade na terça para as matérias de interesse do Estado”, ressaltou Sampaio.

Frente à nova obstrução, Xingu reforçou a necessidade de discutir projetos de alta complexidade, como é o caso de criação de novos cargos e do fundo estadual. “Temos deputados que não estão na base do Governo e pediram o projeto para analisar com profundidade. É um direito dos parlamentares”, disse.

O presidente em exercício ressaltou que provavelmente os projetos serão incluídos na ordem do dia da semana que vem, mas não deu como certa sua aprovação. “Conhecendo o projeto em profundidade, ele poderá vir a plenário e ser aprovado. Ou não. São projetos de alta complexidade, que merecem um estudo mais aprofundado, e isso leva tempo”, completou.

Informações: Folha de Boa Vista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here