A expectativa do público para ver o maior cartão-postal de Boa Vista, o Parque do Rio Branco, é muito grande. Por isso, enquanto as obras seguem em ritmo acelerado, a prefeitura colocou em exposição uma miniatura da Selvinha Amazônica no Roraima Garden Shopping, no bairro Caçari.

A maquete representa bem como será a Selvinha Amazônica, instalada no Parque da Primeira Infância, um local dedicado às crianças no Parque do Rio Branco. Os bichinhos tomarão os espaços de oito cenários, que são eles: Cenário 1: jacaré, cobra, iguana; Cenário 2: formiga, zangão, louva-a-deus, lagarta, joaninha, tronco, libélula; Cenário 3: borboletas; Cenário 4: macaco chuin.

Além disso, outros ambientes vão completar a alegria da criançada.  Cenário 5: arara, tucano, papagaio, beija-flor; Cenário 6: onça pintada, tronco; Cenário 7: tamanduá, cupinzeiros e Cenário 8: árvore, postes folhas. Todos esses bichinhos estão em formato de miniatura na maquete exposta no shopping.

“A Selvinha é um dos maiores produtos do Parque do Rio Branco. Então, a ideia da maquete é gerar mais expectativa e o desejo da população no melhor polo de turismo, lazer e entretenimento que a cidade terá”, comentou Daniel Lima, presidente da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec).

A Selvinha Amazônia está situada em pontos turísticos da Capital da Primeira Infância. Os bichinhos são um atrativo a mais para a tornar a brincadeira ainda mais divertida, pois estimula a criatividade, proporciona o desenvolvimento da coordenação motora, a construção de vínculos sociais e emocionais, a criatividade e traz autoconfiança para os pequenos.

Parque do Rio Branco

A maior obra turística da cidade está na terceira e última intervenção, fase de urbanização e construção dos equipamentos públicos que irão compor a estrutura.

Nesta etapa, estão sendo erguidos o mirante, uma torre de 86 metros de altura, com dois elevadores, um social e outro panorâmico. Esta será a maior torre da região Norte superando a do Museu da Amazônia, que tem 42 metros. O local terá uma passarela metálica que dará acesso ao mirante. De lá, os visitantes terão uma vista espetacular do lendário Rio Branco e da cidade.

O Parque também contará com espelhos d’água, a marina (área para ancorar barcos), banheiros públicos, posto de vigilância da guarda, pista de cooper, ciclovia, praia e sombreiros com o plantio de mais de 100 árvores. O local receberá ainda uma passarela que interligará o Parque até a Orla Taumanan. 

As obras do Parque do Rio Branco se iniciaram em abril de 2018, e foram divididas em três intervenções. A primeira marcou a retirada de mais de 350 famílias da área de risco do Caetano Filho – Beiral, mediante pagamento de indenizações, com recursos próprios. Na segunda, foram feitas a terraplanagem e drenagem da área, com elevação da avenida Sebastião Diniz e canalização do igarapé Caxangá.