Roraima fica de fora de lote extra de vacina contra a covid-19

O anúncio do novo lote foi feito pelo próprio Ministério da Saúde. Contudo, a nota, não explica porque os estados não foram contemplados (Foto: Reuters/Dado Ruvic)

Os estados do norte do Brasil, Pará, Acre e Roraima não foram contemplados com lotes extras da vacina contra a  covid-19. As doses extras foram anunciadas pelo Ministério da Saúde somente para idosos dos  estados do Amazonas (39,7 mil), Tocantins (14,2 mil), Rondônia (10,8 mil) e Amapá (4,3 mil).

Os Ministérios Públicos Federal (MPF), do Trabalho (MPT) e o do Estado do Pará (MPPA) expediram ofício ao Ministério da Saúde nessa terça-feira (9) requisitando esclarecimentos sobre os critérios adotados para a distribuição do novo lote.

Segundo o ofício, a distribuição das doses extras excluiu o Pará, Acre e Roraima. O anúncio do novo lote foi feito pelo próprio Ministério da Saúde na última sexta-feira (5). Contudo, a nota, não explica porque os estados não foram contemplados.

De acordo com o MPF, o MPT e o MPPA, a distribuição das vacinas deve ocorrer “dentro de parâmetros técnicos claros e minimamente objetivos, para que não sejam geradas distorções regionais e para que seja garantida a isonomia entre as populações dos diversos estados”. 

Informações: Brasil de Fato