Com o Programa de Inovação Educação Conectada, do Ministério da Educação, as escolas da rede municipal estão otimizando os trabalhos pedagógicos com o acesso à internet de alta velocidade. O objetivo é facilitar e dinamizar as aulas do professor, reforçar o aprendizado dos alunos por meio da tecnologia e agilizar os serviços educacionais.

O Programa está sendo implantado em 114 escolas de Boa Vista, onde o uso da internet é estritamente de cunho pedagógico. Todos os professores possuem notebooks, entregues pela prefeitura, podendo usufruir de uma internet de qualidade para pesquisar, organizar o planejamento, responder o diário online e tornar as aulas mais interativas.

Os alunos, por sua vez, contam com um melhor acesso a conteúdos educacionais na televisão, tablets e lousas digitais, em aulas dinamizadas pelos professores. Até a hora do recreio ficou mais divertida, com desenhos e animações passando na tela, no pátio das escolas.

Para Ernandes Dantas, da Gerência de Programas e Projetos Educacionais da secretaria, esta é uma mudança de comportamento, em que o aluno deixa de ser objeto do ensino e passa a ser um protagonista. “Essa internet é para facilitar a formação do aluno, dinamizar a didática do professor. Nossas escolas receberam os recursos no final de 2019, e agora estão implantando a internet”, declarou

A Escola Municipal Jóquei Clube foi uma das primeiras a implantar o programa. O que antes era utilizada de forma limitada pelos profissionais, agora, está auxiliando desde atividades administrativas a utilização de novas estratégias de ensino com o uso dos recursos digitais.

Para a professora Dione Marilyn, inovar é preciso quando se trata de educação infantil e alfabetização. “É um programa bem inovador nas escolas. Vemos que o mundo está cada vez mais globalizado, as crianças estão tendo acesso mais cedo a tecnologia. Então nada mais importante que somar a educação ao uso das tecnologias. Tenho certeza que eles avançam, gostam e aprendem cada vez mais. É um suporte a mais na educação”, declarou.

Lembrando que a internet da Educação Conectada não é de acesso livre. As escolas da rede municipal já possuem programas educacionais específicos, direcionados para somar ao conteúdo das disciplinas, seja com a utilização dos notebooks, das televisões, tablets ou das lousas digitais.

Sobre o programa

O objetivo do Programa de Inovação Educação Conectada, desenvolvido pelo Ministério da Educação e parceiros, é apoiar a universalização do acesso à internet de alta velocidade e fomentar o uso das tecnologias digitais na Educação Básica. Sua implementação passa por três fases:

1 –  Indução (2017 a 2018): construção e implantação do Programa com metas estabelecidas para alcançar o atendimento de 44,6% dos alunos da educação básica;

2 – Expansão (2019 a 2021): ampliação da meta para 85% dos alunos da educação básica e início da avaliação dos resultados;

3 – Sustentabilidade (2022 a 2024): chegar ao alcance de 100% dos alunos da educação básica, transformando o Programa em Política Pública de Inovação e Educação Conectada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here