Boa Vista foi eleita uma das 26 cidades mais felizes do Brasil em 2020, segundo levantamento da Revista Bula. Apenas cinco capitais entraram na lista, sendo que Boa Vista foi a única da Região Norte. Para chegar à seleção, a revista avaliou marcadores como desenvolvimento urbano, educação, segurança e renda mensal média dos habitantes.

A Bula calculou uma média entre os pontos que cada cidade obteve em quatro pesquisas  recentes: o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (IDL), do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon; dados de educação do Ranking Connected Smart Cities 2020, da Urban Systems; o Atlas da Violência 2019, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e um relatório da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que apontou os municípios com maior renda média mensal do país.

Somente quatro cidades com mais 400 mil habitantes figuram na lista. Boa Vista tem uma população de 420 mil, o que corresponde a 70% de toda a população de Roraima. Os habitantes da capital conseguiram manter a esperança na felicidade, mesmo em um ano de incertezas em que o mundo parou devido à pandemia do novo coronavírus.

“Estar entre as cidades mais felizes do Brasil em 2020 é uma vitória, especialmente porque este ano está sendo muito difícil por causa da pandemia. Saber que o resultado leva em consideração itens que têm a ver com o trabalho que nós, como prefeitura, fazemos para melhorar a qualidade de vida das pessoas, nos mostra que estamos no caminho certo e que vamos superar todos os desafios”, avaliou a prefeita Teresa Surita.

Em 2019, Boa Vista apareceu na mesma lista. A capital também coleciona outras conquistas: 5ª melhor capital em qualidade de vida (Revista Bula), 6ª melhor capital em prática de esportes (Pesquisa ‘Vigitel – Vigilância de fatores de risco e proteção de doenças crônicas por inquérito telefônico / Ministério da Saúde), e 11ª melhor capital para criar filhos (Revista Exame).