Desde de 2013, um dos principais motivos da eficiência administrativa na Prefeitura de Boa Vista se deve à gestão de pessoas. Conforme levantamento, o número de postos de trabalho aberto foi de cerca de 15 mil, incluindo seletivos e concursos públicos.

Entre as ações que garantem o bom andamento dos trabalhos no município estão os processos seletivos e concursos públicos, que têm dado oportunidade para os candidatos conquistarem empregos e a tão sonhada estabilidade funcional.

Hoje, dos cerca de 10 mil servidores da administração direta, 70% são de carreira, ou seja, concursados. Isto mostra o compromisso da gestão da prefeita Teresa Surita no objetivo de servir e atender as necessidades da população, colocando à disposição um quadro de profissionais efetivos com estabilidade e qualificação em suas funções.

Ao todo, sete concursos já foram lançados e concluídos com a posse dos aprovados desde 2013. Atualmente, dois concursos estão em andamento: o da Procuradoria-Geral do Município (PGM) e o da Secretaria Municipal de Gestão Social (Semges) que, somados aos já concluídos, chega-se a 9 certames em sete anos.

Em tempos de crise econômica no país, contrariando os números que reduziram em até pela metade a oferta de concursos no Governo Federal, nos estados e municípios brasileiros, a Prefeitura de Boa Vista não apenas lançou certames, como também chamou candidatos além das vagas previstas nos editais.

A prefeitura também tem gerado empregos temporários, devido às necessidades da prestação de assistência social e situações de combate a surtos endêmicos, por exemplo, Dengue, Zika vírus e Chikungunya. Para isso, fez a contratação de agentes de endemias por meio de processos seletivos.

PCCR descongelou salários

A prefeitura, preocupada em dar garantias aos servidores efetivos, elaborou e colocou em vigor o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) do funcionalismo. Para se ter uma ideia, o salário-base era de R$ 318,00 em 2013. Os servidores passaram 11 anos com os salários congelados. Porém, em janeiro de 2015, com o novo PCCR o salário-base passou para R$ 1.020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here