As joias foram apreendidas no ultimo dia 2, durante a operação Royal Flush

O Ministério Público de Roraima divulgou nesta quarta-feira, 16, imagens das joias que foram apreendidas na casa do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Jalser Renier, durante cumprimento de mandato expedido através da operação Royal Flush. Identificadas como joias de luxo, o material, no entanto, foi considerado pela assessoria do deputado apenas como “mera bijuteria”.

O material divulgado é composto por fotos e vídeos feitos pelas equipes do MPRR durante a operação que aconteceu no último dia 2. Na ocasião, foram apreendidos veículos, documentos e dois cheques, sendo um no valor de R$ 1 milhão e outro, de R$ 70 mil – ambos sumiram misteriosamente durante o desenrolar da operação.

A assessoria jurídica de Jalser repudiou a divulgação do material, sendo considerada como uma atitude lamentável e precipitada, uma vez que aconteceu 15 dias após a operação. E o que seria joias de luxo não passam de “uma quantidade substanciosa de bijuterias”.

A operação – Em uma ação conjunta que envolveu o MP de Roraima, a Polícia Rodoviária Federal e a Força Nacional, a operação Royal Flush investiga crimes de fraudes em licitação e contratos, lavagem de dinheiro, organização criminosa e obstrução da Justiça. Todos os bens apreendidos foram encaminhados à perícia para uma análise mais minuciosa.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here