Pacientes e servidores do Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Nazaré não receberam a alimentação fornecida pelo governo, denunciou nesta terça-feira (26) o Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Estado de Roraima (Sindprer). O  presidente do Sindprer, Melquisedek Menezes criticou a situação da saúde e disse que esta situação já se repetiu outras duas vezes, só neste ano.

“Os profissionais precisam trabalhar e os pacientes tomam medicações em horários corretos. A alimentação tem que vir no horário, até para melhorar a recuperação. Além dos equipamentos de proteção individual que os profissionais não tem, agora, mais uma vez a alimentação é interrompida. Só neste ano, nós tivemos dois casos. A saúde está de mal a pior”, comentou.

Segundo imagens publicadas pelo sindicato, alguns profissionais tiveram que improvisar o almoço.

Informações: Folha de Boa Vista – foto: Divulgação