A prova do concurso público para Assistente Administrativo da Universidade Federal de Roraima (UFRR) está com grande repercussão nas redes sociais e em grupos de whats app.

Tudo porque uma questão de Atualidades do certame relembra os esquemas de corrupção e desvios de recursos públicos do transporte escolar de Roraima que renderam a prisão de várias pessoas, dentre elas, a deputada estadual Yonny Pedroso, do Solidariedade, e seu marido que ficou foragido por mais de um mês.

Veja a questão:

Uma deputada estadual de Roraima que tomou posse em
2019, por força de uma liminar do Juiz Federal Helder Girão,
foi acusada de desviar 70 milhões do transporte escolar em
Roraima. Pregunta-se: qual seu nome e seu partido?

(A) Batista Campos, do PT.
(B) Marcela Cunha, do PV.
(C) Sonia Cunha, do PT.
(D) Sueli dos Santos, do Solidariedade.
(E) Yonny Pedroso, do Solidariedade.

Relembre o caso:

Veja quem está envolvido na ação da PF contra desvios de R$ 50 milhões do Transporte Escolar

Deputada acusada de desvio vai presidir comissão na ALE-RR

Justiça determina retirada de tornozeleira de deputada

MPF pede pela prisão preventiva de Yonny Pedroso