O Governo de Roraima é o menos transparente na divulgação dos contratos emergenciais feitos durante a pandemia de Covid-19. É o que mostra ranking inédito divulgado nesta sexta-feira (31) pela Transparência Internacional, que deu nota 40,51% ao Estado.

Para chegar ao ranking, a Transparência Internacional analisou os sites, redes sociais e portais de transparência dos governos de todos os 26 estados e do Distrito Federal e de todas as 27 capitais.

Os critérios de avaliação do ranking se basearam no guia de Recomendações para Transparência de Contratações Emergenciais em Resposta à Covid-19. O manual foi lançado em maio e produzido em conjunto com o Tribunal de Conta da União (TCU).

Seguindo Roraima, o próprio Governo Federal obteve a 2ª pior nota de acordo com a Transparência Internacional, com 49,37%. Já Boa Vista alcançou nota de 94,94% em transparência de contratos emergenciais, estando entre as 10 capitais mais bem avaliadas.

Informações: G1 – Foto: Edinaldo Morais