A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) deverá conversar com o deputado Jeferson Alves (PTB), alvo de investigação da Operação Virion, da Polícia Federal (PF-RR), que analisa possível irregularidade em processos de licitação da saúde do Estado.

A informação foi repassada à Folha pelo presidente da CPI, deputado Coronel Chagas (PRTB) nesta segunda-feira, 17. Na ocasião o parlamentar ressaltou que não há nada que indique a participação de Jeferson em alguma irregularidade nos autos da Comissão, mas que os membros vão ouvir o parlamentar para que ele possa prestar esclarecimentos em razão da operação da PF.

“A CPI vai conversar com o deputado Jeferson Alves para que ele possa nos esclarecer as razões dele ter sido alvo dessa busca e apreensão”, diz trecho da nota encaminhada à imprensa. Chagas ressaltou ainda que Jeferson já se prontificou a prestar todas as informações aos deputados membros da CPI da Saúde.

Confira a nota na íntegra:

“Nós, da CPI, não sabemos o que levou a PF realizar uma busca e apreensão na residência e no gabinete do Deputado Jeferson Alves, até por que o processo corre em segredo de justiça. E, nos autos da CPI, não há nada que indique a participação do deputado em alguma irregularidade nos contratos da SESAU. 

Assim, a CPI vai conversar com o Deputado Jeferson Alves para que ele possa nos esclarecer as razões dele ter sido alvo dessa busca e apreensão. 

Até a presente data não há nenhum requerimento para ouvir o deputado Jeferson na CPI, uma vez que até o momento ele não foi acusado de nenhuma irregularidade. Então no momento estamos levantando as informações e não haverá nenhum problema em ouvi-lo, se for necessário, até por que ele mesmo se colocou à disposição”.

Informações – Folha de Boa Vista

Foto: Eduardo Andrade – Supcom ALERR