Jalser perde título de “Doutor Honoris Causa” pela UERR

Jalser é apontado como mandante de crimes contra o jornalista Romano dos Anjos – Foto: Supcom/ALERR

O reitor da Universidade Estadual de Roraima (UERR), Regys de Freitas, revogou o título de Doutor Honoris Causa do deputado Jalser Renier (SD). A resolução é do último dia 9 de novembro.

Jalser recebeu a honraria em 2018. À época, a justificativa do reitor para conceder o título foi os “relevantes trabalhos prestados ao Estado de Roraima, em especial, à UERR”.

No documento, a UERR não detalha quais os motivos para retirada do título. A reportagem entrou em contato com a instituição e aguarda posicionamento.

Em resposta, o órgão disse que embora tenha concedido o título, ele nunca foi entregue de fato ao deputado. Então, por esse motivo revogou a resolução.

Entretanto, vale lembrar que Jalser é acusado de ser o mandante do sequestro e tortura do jornalista Romano dos Anjos, em outubro do ano passado, motivo pelo qual foi determinada sua prisão em 1º de outubro deste ano. Atualmente, o parlamentar encontra-se em prisão domiciliar.

Honraria

As universidades concedem o título de Honoris Causa para personalidades de destaque, ou para aqueles que exercem um trabalho importante. Desse modo, ao longo da história da instituição, seis pessoas receberam a honraria da UERR.

A última pessoa a receber o título foi o governador de Roraima, Antonio Denarium (PP). O gestor recebeu a honraria no dia 10 de novembro, durante a programação de aniversário da UERR.

Ou seja, a instituição retirou o título de Jalser Renier um dia antes de conceder ao governador do Estado. De acordo com Regys, a honraria foi concedida ao governador devido às ações em prol da universidade e Roraima.

Informações: Roraima em Tempo