Para certificar a avaliação estiveram presentes os técnicos da SMAAI, pesquisadores da Embrapa, professor e estudantes do curso de agronomia da UFRR. (foto: Claudia Ferreira)

Os cultivares de soja produzidos no Polo II no P.A Nova Amazônia, área rural de Boa Vista, passaram por uma avaliação nessa terça-feira, 17. As propriedades que receberam a visita técnica pertencem aos agricultores participantes do Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (PMDA) e estão concorrendo ao prêmio de melhor resultado nas plantações.

 Para certificar a avaliação, estiveram presentes técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (SMAAI), pesquisadores da Embrapa, professor e estudantes do curso de agronomia da Universidade Federal de Roraima (UFRR).

 “Objetivo da visita é fazer a avaliação com os produtores que participam do PMDA. Para certificar essa avaliação contamos com a presença da Embrapa e da UFRR, os quais acompanharam a coleta das amostras e a medida das produtividades a campo. A partir daqui, os produtores que tiverem melhores resultados vão ser premiados”, explicou o diretor técnico da Smaai, Fábio Guths.

 O pesquisador da Embrapa, Aluízio Vilarinho, destacou que a principal importância da produção na área rural é estimular os produtores a fazerem o plantio da forma correta utilizando o máximo de tecnologia.

 “A visita técnica é muito interessante, mostra a importância desse trabalho que a prefeitura tem feito. Assim o produtor conhece o uso de tecnologia. Ele pode alcançar o potencial produtivo das cultivares que ele está utilizando e que é bastante alto, bem mais alto do que se consegue em média no estado”, disse Vilarinho.

 De acordo com o agricultor Jucelino Melo o apoio dado através do PMDA tem contribuído para os resultados. “O trabalho da prefeita Teresa Surita está sendo essencial para o resultado dessa produção, sem tecnologia e ajuda financeira não tem como produzir”, enfatizou Melo.

 PMDA – O Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (PMDA) foi criado na gestão da Prefeita Teresa Surita e se transformou no carro chefe do agronegócio em Boa Vista buscando fomentar o setor. O objetivo é de oferecer condições seguras aos agricultores com a aplicação de tecnologia moderna a fim de garantir o melhor desempenho produtivo nas lavouras.

 A Secretaria de Agricultura já está estudando a proposta do PMDA 3, que no próximo ano contará com novidades para a continuidade do trabalho com os agricultores familiares do município com a previsão de atender a novos produtores.