Direitos do Consumidor – Procon Boa Vista orienta sobre compra de ovos de Páscoa

A tradição leva milhares de consumidores, todos os anos, aos supermercados e lojas especializadas. Por isso, os cuidados devem ser redobrados

A Páscoa é uma das principais datas do calendário brasileiro. E pensando na busca no mercado por produtos relacionados, como os tradicionais ovos de chocolate, o Procon Boa Vista recomenda alguns cuidados aos consumidores durante esse período, para que as compras sejam seguras e sem qualquer surpresa desagradável.    

A principal orientação é que a compra seja em local limpo arejado e livre de fortes odores, como, por exemplo, produtos de limpeza. Além disso, sendo o chocolate um produto perecível, o consumidor deve observar se o mesmo encontra-se armazenado longe de fontes de calor e em local adequado para evitar o seu derretimento.

“É importante ter muita atenção na hora da compra, porque o chocolate pode sofrer derretimento ou alterações em sua composição, caso seja armazenado em ambientes muito quentes, colocando em risco a saúde dos consumidores”, disse a secretária de Defesa do Consumidor do Município de Boa Vista, Sabrina Tricot.

Outra orientação é verificar se a embalagem possui especificações claras e precisas sobre quantidade do produto, composição, características, qualidade, prazo de validade e, principalmente, sobre eventuais riscos alérgicos – presença ou traços de alimentos alergênicos em sua composição.

Além disso, é preciso observar quantoas condições gerais da embalagem, se o produto está protegido de insetos ou contaminação ou se há sinais de violação do conteúdo, furos ou partes amassadas. Vale lembrar que os ovos de Páscoa artesanais ou de fabricação caseira têm de seguir as mesmas regras de comercialização dos fornecedores de produtos industrializados.

Aos pais ou responsáveis, é preciso redobrar a atenção para a presença de pequenos brinquedos na embalagem dos ovos de Páscoa. Se estiver estampada a frase “Atenção: contém brinquedo”, também é preciso verificar se o produto possui o Selo doInmetro e se há indicação restritiva de faixa etária.

O consumidor que tem intolerância à lactose ou açucares deve verificar se o produto faz parte do grupo de produtos “especiais” ou os chamados diets – sem adição de açúcar, com adoçante sintético e apropriado para pessoas diabéticas. Da mesma forma, é importante ter cuidado com os alimentos lights,que não têm as mesmas características e, portanto, não podem ser consumidos por quem tem alguma restrição alimentar.

E, considerando que, nessa época do ano, muita gente presenteia ovos de chocolate ou ganha mais produtos do que se é capaz de consumir, o PROCON Boa Vista orienta o consumo sempre dentro do prazo de validade, para evitar problemas de saúde.

“Caso o consumidor se depare com algumas dessas situações no momento da compra dos ovos ou produtos à base de chocolate, a orientação é não levar o produto pra casa. Se o consumidor observar a ausência de preços nas vitrines e produtos sem informação, deve tirar fotos do produto para formalizar sua reclamação e nunca esquecer de pedir a nota fiscal do produto, principal garantia em caso de troca ou reclamação”, ressalta Sabrina.

O consumidor que necessitar obter mais informações poderá, ainda, solicitá-las por e-mail [email protected] ou pelos telefones: (95) 98400-4997, (95) 98400-5720, (95) 98400-3101 e (95) 98400-4627, no período de 8h às 14h ou obter atendimento pelo Portal do Cidadão da Prefeitura de Boa Vista https://portalcidadao.prefeitura.boavista.br.