STF nega pedido de Jalser e eleição é mantida

O pedido de efeito suspensivo da liminar que determinou a realização de uma nova eleição para a escolha da Mesa Diretora não foi conhecido pelo Ministro

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou, no início da tarde desta sexta-feira (29), o pedido de efeito suspensivo da liminar que determinou a realização de uma nova eleição para a escolha da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

Com a decisão, a sessão extraordinária convocada, nessa quinta-feira (28), por 16 deputados estaduais será mantida e, às 16 horas, uma nova Mesa Diretora será eleita. 

O agravo com pedido de reconsideração, interposto pelos advogados do parlamentar, também não foi conhecido pelo Ministro.


SESSÃO REMOTA

A Superintendência de Comunicação da Assembleia Legislativa de Roraima informou que, em função da pandemia, a sessão extraordinária ocorrerá de forma remota.

Por medidas de segurança, o Plenário não será aberto à imprensa, no entanto, a sessão será transmitida ao vivo pela TV Assembleia – 57.3, pela página do Poder Legislativo no Facebook e canal no Youtube (@assembleiarr).

Foi informado ainda que imagens de apoio e sonoras serão enviadas, conforme demanda, após o término da sessão, respeitando o tempo necessário para renderização do material.

Informações: Folha de Boa Vista