A prefeitura de Boa Vista está convocando pais e responsáveis para levarem suas crianças para se imunizarem contra a gripe e o sarampo. As doses estão disponíveis nas unidades básicas de saúde do município, com salas de vacina.

Mesmo com o encerramento da campanha contra a gripe, a cobertura vacinal das crianças contra a gripe ainda continua baixa no município. A faixa etária para a vacinação é de seis meses a menores de seis anos de idade.

Já para o sarampo, crianças a partir de 5 a 19 anos de idade devem tomar a dose da vacina. A recomendação vale para quem não recebeu as duas doses da tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola.

Vale ressaltar que a chamada “dose zero”, aplicada em bebês de seis meses a menores de um ano em momentos de surto, não conta. Ou seja, os pequenos que receberam precisam tomar mais duas injeções com um ano de idade.

Para conter o sarampo, é preciso atingir uma taxa de cobertura de 95%. Em Boa Vista, a taxa das crianças de um ano de idade está em 47,13%, até o momento. Já a da gripe é de 90% e a cobertura de crianças de seis meses a menores de seis anos é de 40,26%.

“As crianças estão nos grupos prioritários, pois são as que têm o sistema imune menos forte. Por isso, requer atenção redobrada, principalmente nesse momento de pandemia”, convida a superintendente de vigilância em saúde, Francinete Rodrigues.

E os adultos?

Além dos pequenos, nesse ano, a campanha de vacinação contra o sarampo inclui adultos com idades de 20 a 29 anos. Quanto a gripe, toda a população pode buscar as unidades básicas de saúde e se vacinar, principalmente quem faz parte dos grupos prioritários.