Este domingo, 3, foi dia de mais uma edição do Festival Boa Vista Live do Bem. E dessa vez, os shows foram dedicados ao público que curte música contemporânea cristã, também chamada de “gospel”. A dupla Lia Rebeca e Banda, o Ministério de Adoradores, a banda Zafenat Paneah e o Movimento Céus Abertos comandaram as lives com muito louvor e adoração.

Os shows foram transmitidos direto do Teatro Municipal pelo canal oficial da Prefeitura de Boa Vista no YouTube e retransmitidos pelas redes sociais. O primeiro show ficou por conta da dupla Lia e Rebeca que apresentou um repertório com muitas mensagens de fé e esperança, intercalando músicas animadas com canções mais intimistas.

“A principal mensagem é de esperança. Nós estamos vivendo tempos tão difíceis, tão conflituosos, onde geram nas pessoas tantas incertezas, ansiedade e medo. Nós, cristãos, temos uma esperança. Temos em quem nos apoiar, em quem confiar, em quem depositar nossa fé e nós queremos transmitir isso para todas as pessoas, independente de seu credo religioso”, disse a jovem cantora Rebeca Lima.

Depois das meninas, foi a vez do Ministério Geração de Adoradores subir ao palco do teatro e adentrar virtualmente às milhares de casas com um som bem diferente, mas muito característico em Boa Vista: o forró. Gospel, é claro. Os arranjos puxados pelo triângulo e zabumba deram novo ritmo a canções de sucesso do grande público.

“Nós estamos felizes com a iniciativa da prefeitura. Eu espero que as pessoas se sintam muito felizes e alegres. Nós estamos cumprindo a ordem das autoridades de saúde, de ficar em casa e a gente está fazendo com que eles [público] fiquem felizes, levando a palavra do Senhor, com um ‘forrozinho’ pé de serra para se animarem ainda mais na presença do Senhor”, comentou Raimundo Bonfim, vocalista da banda.

Depois de um intervalo de uma hora, o show continuou com os meninos da Zafenat Paneah, que tocaram músicas autorais em ritmo de blues e rock. A banda, que já tem 12 anos de estrada, também levou palavras de fé aos internautas neste momento tão crítico que todos enfrentam.

“Além da mensagem do Evangelho, nós queremos passar duas mensagens. Alegria e esperança, porque hoje tem muita gente com princípio de depressão ou já está depressivo, sem alegria, sem expectativa, porque falta esperança. A esperança é algo muito importante para o coração de todas as pessoas. Uma hora isso acaba, né. E a gente volta a fazer o que a gente estava fazendo naturalmente”, comentou o vocalista e pastor Felipe Flores.

Por tudo isso, a mensagem de renovação de fé foi unanimidade entre os artistas da música cristã que subiram ao palco na noite deste domingo. O Movimento Ceus Abertos Movement, último grupo a se apresentar, também intercalou momentos de reflexão com muita música e também fizeram sucesso nas redes. Como já é de costume nas lives, os cantores atenderam a diversos pedidos do público em casa.

“Fiquem calmos. Aproveitem esse momento para aproveitar sua família, a se conhecer de verdade, a passar um tempo especial com Jesus”, pediu uma das vocalistas do Movimento Céus Abertos, Bianca Sampaio.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, as igrejas, assim como outros estabelecimentos, estão com as atividades suspensas para evitar aglomerações. Em um vídeo exibido durante a live, a prefeita Teresa Surita destacou o trabalho das igrejas, mesmo à distância, para renovar a fé e a esperança das pessoas nesse momento difícil.

“Infelizmente, as igrejas estão fechadas, o que é muito triste, porque a gente sabe a importância das igrejas nos bairros, mas que nesse momento é o que realmente nós temos que fazer para nos proteger. Quero dizer para vocês que esse domingo seja abençoado. Que através dessas músicas a gente possa se sentir cada vez mais perto de Deus. Cada um está em sua casa, mas Ele está com todos nós”, disse.

Em casa, público aprovou mais uma live

Quem estava em casa curtiu a live gospel:

– “Que presente. Obrigada, prefeita!”, disse Marcia Baumgaertner;

– “Tá linda a live”, comentou Rosinalva Cruz da Silva;

– “Muito bom. Louvores pra Deus. Deus é amor”, disse Belmira Cavalcante;

– “Rajada de bênçãos”, concluiu Maria Ivanete.

Dentro do teatro, as apresentações não tiveram público presencial, apenas uma equipe técnica reduzida, seguindo todas as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), como uso de máscara, álcool em gel e distanciamento. No intervalo de cada show, os instrumentos utilizados pelos músicos eram higienizados. 

Live do Bem 

Festival Boa Vista Live do Bem é uma iniciativa da Prefeitura de Boa Vista, por meio da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), com o objetivo de entreter as famílias durante o período de isolamento social e ajudar financeiramente os artistas que estão com os shows suspensos por causa da pandemia do coronavírus.

A prefeitura abriu edital cultural que recebeu 59 inscrições de artistas musicais de Boa Vista. Os cantores e bandas se apresentarão no Festival Boa Vista Live do Bem durante o isolamento social, levando um pouco de alegria para quem não pode sair de casa. Os artistas receberão cachês de R$ 1.000 a R$ 1.700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here