O concurso contava com 330 vagas disponíveis

O Tribunal de Justiça de Roraima (TJ-RR) determinou na tarde desta segunda-feira, 4, que o Governo do Estado deve prosseguir com o Concurso da Polícia Civil, cujas provas já estavam previstas para este mês e contava com 330 vagas disponíveis.

A decisão é assinada pelo juiz Luiz Alberto de Moraes Júnior da 2ª Vara da Fazenda Pública e foi concedida após pedido do Ministério Público de Roraima (MPRR). Nesta manhã, um protesto contra o cancelamento de concursos reuniu mais de 400 pessoas na capital.

“Determino a manutenção do certame na forma contratada com a empresa Vunesp [organizadora], ou seja, para que se realize o concurso público para provimento de vagas na carreira policial civil, com a efetiva realização das provas objetivas e subjetivas conforme edital”, diz trecho da decisão.

O Governo do Estado convocou a imprensa no último sábado (02) onde anunciou o cancelamento de todos os concursos públicos que estavam previstos para a partir do ano 2019. A justificativa foi de que a despesa com pessoal do Poder Público chegou a R$ 1,79 bilhão, o que equivale a 53,64% da receita líquida do ano. O limite da Lei de Responsabilidade Fiscal seria de 49%.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here