Como já relatado várias vezes aqui no Boa Vista Já, o Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth tem sido considerado um dos lugares mais arriscados para gestantes darem à luz. As péssimas condições da unidade de saúde e a situação de abandono tem se tornado motivo de pânico às parturientes. E nesta semana, mais uma delas usou as redes sociais para denunciar o lugar, que é mantido pelo Governo do Estado.

Tuenny Soares deu a luz à Ana neste fim de semana. Mas, de acordo com seu relato, não foi nada fácil. Foi um verdadeiro caos, ao que ela qualificou o hospital como um “verdadeiro matadouro”, onde a gestante que entra lá não tem boas perspectivas.

“O hospital materno de Roraima se tornou um lugar onde você pode entrar sabendo que talvez não saia viva”, disse a jovem mãe.

Além disso, Tuenny reforçou as denúncias da péssima atuação de servidores da maternidade para com as gestantes. “A residente em medicina, já gritando com as mãezinhas, dizia que o médico cirurgião não realizaria nenhuma cirurgia. Iria vir só no dia seguinte. Gritou que a culpa não era deles [dos servidores], que o hospital não tinha, medicação, não tinha anestesia, que a culpa era de todos que estavam ali porque votaram nesse governo, que ela não se senti culpada por realizar os procedimentos pois ela não votou no Denarium”.

Felizmente, mesmo em meio ao caos, a bebê nasceu. Mas Tuenny fez o relato em tom de alerta à toda a sociedade. “Ana nasceu. As sequelas e os traumas foram grandes. Ainda choro ao lembrar, mas feliz por estar viva. Mas as dores no meu corpo são inexplicáveis. Isso é um pequeno resumo do que passei e vi”.

Leia o relato completo:

Gostaria de agradecer por tudo que fizeram por mim.Foram dias difíceis, quando pensei que não haveria mais chance de…

Posted by Tuenny Soares on Monday, September 7, 2020

Veja mais denúncias sobre a maternidade: