Cerca de 200 pais e responsáveis formaram uma fila nesta quinta-feira (16) no primeiro dia de atendimento na central de matrículas estadual, em Boa Vista. Agora, a busca é por vagas que sobraram da etapa regular de inscrição.

A central funciona na escola Monteiro Lobato, no Centro da capital. Alguns aguardavam ob a chuva para tentar conseguir uma vaga. Outros chegaram ainda na tarde desta quarta-feira (15) ao local.

As vagas ofertadas pela central de matrículas são aquelas não preenchidas durante a etapa regular do período de matrículas. A disputa por vagas na rede estadual já fez com que pais acorrentassem cadeiras em portões e até organizassem um churrasco quando foi aberto o prazo para matrículas.

A diretora do departamento de educação básica da Secretaria de Educação e Desportos (Seed), Raimunda Rodrigues, reconheceu que havia um grande número de pessoas na fila, mas afirmou que a rede estadual possui 6 mil vagas remanescentes.

“Nosso desejo era o de que estas pessoas pudessem conseguir vagas nas escolas que consideram melhor, que fica mais perto de casa ou do trabalho, mas também sabemos que não é possível porque há mais de dez anos não se constrói escolas”, pontuou Raimunda Rodrigues.

As vagas em questão são para estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e para o ensino médio. Para que estuda na Educação de Jovens e Adultos (EJA) as matrículas são realizadas nas secretarias das escolas que ofertam o programa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here