Pacientes que esperam pelo resultado de exames denunciam a demora no recebimento de biópsias feitas pelo Laboratório de Anatomia e Patologia de Roraima. Segundo o denunciante, o local tem pouco fluxo de funcionários e o atendimento ocorre com lentidão, mesmo em casos graves.

Além disso, ele relatou que o espaço está sendo tomado pelo mato e sujeira. Ao lado do prédio, a reportagem flagrou folhas, marmitas e garrafas de plásticos, acumulando.

“Não é só a questão da sujeira e falta de cuidado, mas a péssima administração em tudo. O laboratório é a maior ferramenta de auxílio aos hospitais, e tem uma pilha de exames encalhados, sem ter resultado porque falta matéria prima para manipular os exames”, relatou.

Segundo o denunciante, o laboratório tinha apenas uma pessoa habilitada para comprar os insumos químicos e pediu para se desligar e não foi substituída.

“Eu procurei o laboratório para os exames da minha mulher, com caráter de urgência, e descobrimos aqui, depois de 60 dias, que os exames sequer foram manipulados por falta de insumos, porque não tinha material. Precisamos da boa vontade dos funcionários que estão fazendo uma lista dos mais graves e urgentes problemas, para a secretaria de saúde autorizar pra levar os exames para o particular”, ressaltou, indignado o denunciante.

Governo de Roraima – A Sesau (Secretaria de Saúde) informa que o Laper (Laboratório de Anatomia e Patologia de Roraima) é o único laboratório de patologia e biopsias do Estado de Roraima que atende todas demandas da Capital e do interior, da rede pública e particular.

Nesse sentido há momentos em que é registrado o aumento da demanda por análise patológica na unidade. 

Além disso, é preciso esclarecer que devido à pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19), houve a redução de profissionais, incluindo patologistas, e desta forma tem sido necessário remanejar o fluxo de atendimento.

A Gestão ressalta que está verificando medidas necessárias para garantir o reforço de profissionais na unidade. E sobre a limpeza, informa que o laboratório é atendido com o serviço realizado por uma empresa terceirizada que atende à demanda das unidades hospitalares.

Informações e fotos: Folha de Boa Vista